Anderson deixa São Paulo, e deve ir para o Cruzeiro

Depois de reclamar publicamente das poucas oportunidades que recebeu do técnico Muricy Ramalho, o zagueiro Anderson encerrou nesta terça-feira sua passagem pelo São Paulo. O empresário do jogador e representante do Lyon no Brasil, Marcelo Djian, acertou com os dirigentes são-paulinos os últimos detalhes da rescisão de contrato. O futuro de Anderson deve ser o Cruzeiro, que ficaria com ele até o dia 15 de julho, mesmo data do término do empréstimo do Lyon para o São Paulo. Após esse período, o zagueiro deve voltar para o clube francês, com quem tem contrato até 2011.Nesta terça-feira, Muricy criticou a postura de Anderson. "Não sou de perseguir jogador apenas porque ele falou que queria jogar. Todo mundo quer jogar, mas precisa respeitar o treinador que está aqui e, principalmente, o companheiro que está jogando", disse o técnico.Muricy se irritou por Anderson não ter tratado sua insatisfação internamente. "Aqui não tem biquinho, cara feia, não existe esta história de vir aqui [na imprensa] e reclamar. Precisa trabalhar. Também não fico com ninguém que está insatisfeito", avisou o treinador.A permanência de Rodrigo também foi outro fator que favoreceu a liberação de Anderson. Com o titular da defesa garantido por pelo menos mais seis meses, Muricy ficou com cinco opções para o setor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.