Divulgação/Internacional
Divulgação/Internacional

Anderson foge de polêmicas com o Grêmio

Novo reforço do Internacional diz que topou defender o Colorado porque seu presidente lhe deu atenção

Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2015 | 19h17

Anderson está na história do Grêmio e na memória dos torcedores tricolores, mas agora - e pelos próximos quatro anos - é jogador do Internacional. Nesta terça-feira, o meio-campista foi apresentado no clube colorado e teve que responder diversas questões sobre o passado gremista e a rivalidade entre os times. Ele tentou fugir das polêmicas: "Saí pela porta da frente do Grêmio e entro pela porta da frente do Inter".

O jogador explicou que seu retorno ao Rio Grande do Sul foi motivado pela oportunidade de ficar perto da família. "A volta para Porto Alegre foi porque o Inter me procurou, o presidente me deu atenção. Estava treinando no Manchester e não jogava. Voltei para ficar perto da minha família. Saí pela porta da frente (do Grêmio), fiz trabalho lá e pronto. Agora, meu time é o Inter."

Ele deixou claro que o Grêmio, onde foi herói da "Batalha dos Aflitos", também teve a oportunidade de procurá-lo. O Inter, entretanto, mostrou disposição para ficar com o meia, que estava encostado no Manchester United e vinha jogando pelo time de aspirantes.

"A oportunidade estava aberta, mas o clube que mais se interessou foi o Inter. Foi o Inter que chegou, me conquistou e estou muito feliz. Eu estava aberto para qualquer clube. Respeito o torcedor do Grêmio, mas saí pela porta da frente", lembrou Anderson, que passou pelo Porto antes de chegar ao Manchester.
Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterCampeonato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.