Anderson Lima também deixa o Grêmio

Sem dinheiro para pagar salários atrasados, o Grêmio está perdendo pelo menos oito jogadores e não mostra grande apetite por contratações. O primeiro a deixar o Olímpico foi o lateral-esquerdo Roger, que fez acordo com o clube e despediu-se da torcida logo depois da vitória sobre o Corinthians, por 3 a 0, no domingo. Na segunda-feira foi confirmada a transferência do volante Gavião para o Jubilo Iwata, do Japão. Nesta terça-feira foi a vez do lateral-direito Anderson Lima anunciar sua saída do Olímpico. Ele tinha mais um ano de contrato, mas diante da impossibilidade de receber os R$ 500 mil que tem em haver do Grêmio, vai tentar compensar o prejuízo jogando em outro clube em 2004. A Vila Belmiro pode ser o novo endereço do jogador, que teria sido convidado pelo técnico Leão para ir para o Santos. Também com salários atrasados, Tinga, Gilberto e Claudiomiro devem fazer acordos e deixar o clube. Os dois primeiros interessam ao Corinthians e a clubes da Alemanha e Rússia. O técnico Adílson Batista, que renovou contrato para 2004, já disse que o goleiro Danrlei está fora dos planos, assim como o atacante Caio. Dos jogadores que ganham mais, só Christian tem alguma chance de permanecer, desde que aceite reduzir salários. Para compensar tantas perdas, o Grêmio vai procurar mais jogadores em suas categorias de base, que revelaram Adriano, George, Leanderson, Marcelinho e Élton, e partir para algumas contratações. A primeira tentativa será convencer o volante Marquinhos, do Paraná, a ir para o Olímpico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.