Paulo Fernandes / vasco.com.br
Paulo Fernandes / vasco.com.br

Anderson Martins elogia elenco e divide méritos pela evolução defensiva do Vasco

Zagueiro espera dificuldades na próxima partida, contra o Sport, na Ilha do Retiro

Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2017 | 14h07

O zagueiro Anderson Martins dividiu com os companheiros de elenco os créditos pela melhora do sistema defensivo do Vasco no Campeonato Brasileiro. O time sofreu apenas um gol nas últimas quatro partidas - na derrota para o Corinthians por 1 a 0 - e conseguiu se distanciar da zona de rebaixamento da competição. O defensor também elogiou o trabalho que está sendo desenvolvido pelo técnico Zé Ricardo.

"O importante é frisar que, quando se fala de gols não sofridos, os créditos vão apenas a defesa, mas quem analisa futebol sabe que a parte defensiva depende de todos os jogadores, do sistema como um todo. Esse crescimento vem dessa postura. Todos os jogadores estão colaborando, marcando e fazendo pressão. Temos que fazer um esforço maior porque o campeonato esta afunilando, a distância está curta e não podemos dar margem para erro. Estamos analisando e entendendo o que o Zé Ricardo pede, a estratégia é de marcar forte e sair para o jogo", analisou.

O Vasco voltará a jogar pelo Brasileirão na próxima segunda-feira, quando enfrentará o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife, pela 25.ª rodada do Nacional. Para Anderson Martins, o adversário vai impor muitas dificuldades ao time vascaíno e será preciso usar a inteligência para superar o rival e voltar para o Rio com mais três pontos computados.

"Eles vão procurar fazer o resultado e precisaremos ter inteligência para superar as dificuldades do jogo. O pensamento é o de buscar a vitória, mas não será fácil, pois o adversário possui um grande técnico, um bom time. Não é à toa que, rodadas atrás, estava no G6. Queremos ir lá, fazer um grande jogo e manter a performance dos últimos jogos", projetou Anderson Martins.

O Vasco, que tem como objetivo no Brasileirão conquistar uma vaga para a próxima edição da Copa Libertadores, é o nono colocado no campeonato, com 31 pontos, seis atrás do Cruzeiro, último clube do G6, o grupo dos times que se classificam para o torneio continental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.