José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Anderson Martins vai embora e Corinthians confia em Felipe

Zagueiro volta para clube do Catar. É a única baixa do elenco no primeiro dia de treinos de 2015.Cristian e Mendoza já treinam no CT  

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2015 | 19h33

Tite iniciou nesta segunda-feira a sua terceira passagem pelo Corinthians com o desafio de repetir o sucesso que teve de 2010 a 2013, quando ganhou praticamente tudo que disputou: Mundial, Libertadores, Recopa, Brasileiro e Paulista. A diferença é que agora o clube vive um mau momento financeiro e Tite não poderá mais fazer grandes contratações como nos anos anteriores.

Se antes o Corinthians comprou nomes de peso como Alexandre Pato, Renato Augusto e Gil, agora o treinador tem de se contentar com reforços mais modestos. Pior, o elenco sofreu algumas baixas, caso do zagueiro Anderson Martins, que estava emprestado e voltou para o El Jaish, do Catar.

"Fomos comunicados há duas semanas e antes de qualquer coisa conversamos com todos os envolvidos. Recebemos um comunicado pedindo o atleta de volta e aceitamos a devolução porque temos uma ótima reposição aqui e a parte econômica pesou porque o salário dele era razoavelmente alto. Tínhamos a opção de tentar segurá-lo, mas preferimos deixar ele seguir a vida dele", disse o gerente de futebol Edu Gaspar.

Anderson Martins tinha contrato com o Corinthians até o meio de ano, mas uma cláusula do acordo obrigava o clube a liberar o atleta assim que o El Jaish solicitasse a sua volta.

Com a saída do zagueiro, Felipe deve ser o titular ao lado de Gil. "Acreditamos muito no Felipe, que tem características interessantíssimas. O Tite conhece bem ele. Contratar um zagueiro a curto prazo é muito difícil, talvez podemos subir algum atleta da base", disse Edu Gaspar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.