Anderson pede compreensão com Fininho

No que depender do apoio de seus companheiros de clube, Fininho pode ficar sossegado: ele não será abandonado pelo grupo. Liderados pelo capitão Anderson, os jogadores do Corinthians resolveram divulgar uma nota oficial em defesa do companheiro.O texto a seguir foi assinado por Anderson Cleber Beraldo. "Em nome do elenco corintiano estamos pedindo à nação corintiana compreensão com a atitude tomada pelo nosso companheiro Fininho durante a partida de quarta-feira, contra o Sampaio Corrêa. Em conversa conosco, o jogador reconheceu seu erro, nos pediu desculpas, demonstrando todo o seu arrependimento.O ato não foi correto e foi impensado, porém, nossa reação não pode ser outra senão compreender sua atitude e continuar confiando em seu trabalho. Fininho tem correspondido sempre com sua humildade e companheirismo no nosso relacionamento; agora, é a nossa vez de demonstrar solidariedade com ele. Alguns outros jogadores já passaram por situações parecidas, sofrendo com as vaias da torcida e tiveram manifestações irônicas. Com nosso companheiro, a dor de ser vaiado pela torcida do clube que o formou causou muita dor e talvez esse tenha sido o verdadeiro motivo de sua reação. Por isso, estamos novamente pedindo que a nação corintiana compreenda o que aconteceu na partida de quarta-feira. Nossa torcida sempre foi diferenciada porque nos apoiou em todas as situações. E tenho certeza que continuará dessa forma" Assinado, Anderson Cleber Beraldo, capitão do Corinthians.

Agencia Estado,

17 de fevereiro de 2005 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.