André Dias diz que deseja permanecer no São Paulo

O zagueiro André Dias afirmou que não pretende deixar o São Paulo em 2010. Apesar de possuir uma proposta do futebol italiano, o jogador acredita que vai ficar mais próximo da convocação para a Copa do Mundo se permanecer no Brasil.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

08 de dezembro de 2009 | 13h27

"Tenho de pensar em tudo isso. Não é um clube grande da Itália que fez a oferta. A proposta é boa, mas tem o caso da seleção", afirmou André Dias, que recebeu o prêmio de melhor zagueiro direito do Campeonato Brasileiro em premiação da CBF, no Rio.

"Meu desejo é permanecer no São Paulo", disse. "Acredito que teremos um time forte para a disputa da Copa Libertadores. E se for o desejo do São Paulo, eu quero ficar aqui e contribuir nessa campanha."

O contrato de André Dias com o São Paulo vai até o final de 2010. A diretoria do São Paulo já havia prometido recusaria qualquer oferta pelo jogador. "Tenho 30 anos, e atuar fora do Brasil não seria a melhor ocasião."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.