André Dias não quer pegar brasileiros na Libertadores

Nada de brasileiros. O zagueiro André Dias, do São Paulo, não tem dúvidas sobre qual adversário gostaria de enfrentar na próxima fase da Copa Libertadores, a partir da próxima semana. ?Os times brasileiros são os melhores e eu não gostaria de enfrentar nenhum deles agora. Todos se conhecem muito, o jogo fica marcado, é mais difícil de surpreender.?Goiás, Inter e Corinthians têm muitas possibilidades de conseguir a classificação em primeiro lugar. São adversários em potencial do São Paulo. ?Tudo muito difícil. Deixa eles se matarem aí e vamos jogar contra eles só depois da Copa.?Nem o Palmeiras, que não tem feito bons jogos, é um time que André Dias considera como bom adversário. ?Eles se classificaram em segundo e é possível que a gente também vá em segundo. Seria um cruzamento para depois. E se acontecer é porque eles terão eliminado alguém, por isso é um time que não pode ser desprezado. E é um clássico. Ninguém nunca sabe o que pode acontecer.?

Agencia Estado,

17 de abril de 2006 | 19h37

Tudo o que sabemos sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.