André Luiz: a ?válvula de escape?

O lateral-esquerdo André Luiz está sendo preparado pelo técnico Wanderley Luxemburgo para desempenhar funções importantes no time do Corinthians no clássico contra o Santos, domingo, no Morumbi, pelas semifinais do Campeonato Paulista. Além de atuar na posição de origem, ele pode virar médio-volante ou autêntico ponta-esquerda, dependendo da circunstância da partida. "Qualquer que seja a missão, estou pronto para ajudar o Corinthians chegar à final", disse André Luiz que se considera um pé quente. Ele foi o autor do gol que deu ao time do Parque São Jorge o título de campeão paulista de 1997, na final (1 a 1) contra o São Paulo, clube no qual começou a carreira.Desde quinta-feira que Luxemburgo estuda uma forma para surpreender o treinador Geninho, do Santos. O técnico do Corinthians sabe que o adversário vai reforçar a marcação sobre os jogadores de criação da sua equipe, Marcelinho e Ricardinho, como ocorreu no primeiro tempo da partida de domingo. A válvula de escape do seu esquema pode ser André Luiz, como ocorreu no segundo tempo da partida de domingo.Luxemburgo só conseguiu dar liberdade para o time depois que passou o lateral-esquerdo para o meio-de-campo. "Ele melhora a qualidade do passe no setor, é forte na marcação e ainda arrisca chutes de fora da área", analisa Luxemburgo.André Luiz ressalta que recuperou a melhor forma. O lateral retornou ao Parque São Jorge em junho do ano passado, em uma época de crise. O atacante Edílson havia deixado o clube, revoltado com a atitude de um grupo de torcedores que quase o agrediu no estacionamento da séde. O Corinthians passou por uma das piores fases da sua história, com a demissão de três técnicos: Oswaldo Alvarez, Candinho e Dario Pereyra. A situação mudou com a chegada de Luxemburgo durante o Paulista. "Por coincidência, foi a época em que eu atingi o auge da forma. Ganhei uns seis quilos de massa muscular, quase não perco mais as divididas", diz o lateral, que não se conforma de ter ficado fora das útimas convocações do técnico da seleção, Émerson Leão.O passe de André Luiz pertence ao Tenerife, da Espanha. O contrato com o Corinthians vence no fim do junho, e a intenção do jogador é continuar no Parque São Jorge, mas reconhece a proposta do clube espanhol (US$ 7 milhões) pelo passe, está fora da realidade do futebol brasileiro. ´Não tenho mais certeza que vou ficar, como tinha antes´, disse o lateral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.