André Luiz leva susto com "suspensão"

André Luiz teve um dia agitado na França. Nesta terça-feira, o ex-lateral do São Paulo e do Corinthians foi acordado por vários telefonemas de parentes, assustados com a notícia de que ele havia sido suspenso pelo Compostela por indisciplina. A punição realmente ocorreu, no clube espanhol, mas para outro André Luís, também brasileiro e que iniciou carreira no XV de Piracicaba."Levei um susto enorme", admitiu o ex-corintiano e que desde agosto joga no Olympique de Marselha. "Recebi ligações de minha noiva, de amigos, de meu procurador, e até de gente da CBF, todos preocupados com essa história incorreta", protestou o André Luiz. "Uma informação dessas corre o mundo e atrapalha minha carreira." André Luiz ainda tem ligações com a Espanha - o passe está vinculado ao Tenerife -, o que provocou a confusão na interpretação da notícia. Ele joga por empréstimo no Olympique desde o início da temporada de 2001/2002, assim que terminou sua segunda passagem pelo Corinthians, no primeiro semestre do ano passado. Agora, negocia permanência em definitivo na equipe marselhesa, embora tenha possibilidade de passar para o Paris Saint-Germain ou para o Monaco."Os clubes interessados na transação souberam desse episódio e ficaram alarmados", lamentou o jogador. "Tenho de explicar que não sou eu o envolvido na história", insistiu. Mas, como não é o personagem central da punição na Espanha, ele está tranqüilo e tem certeza de que o imbróglio será resolvido. "Estou com a consciência em paz e aguardo o desfecho das negociações", ponderou.No Olympique, André Luiz jogou dez partidas, no meio-de-campo, e marcou 4 gols. Por isso, confia na possibilidade de conseguir um contrato de maior duração.O outro André Luís, o que se envolveu em confusão na cidade galega, já teve sua situação menos agravada. O presidente do Compostela, Jose Maria Cañeda, reuniu-se na manhã desta terça-feira com o técnico Luis Angel Luque e ambos chegaram à conclusão de que devem dar uma segunda chance ao atleta. O brasileiro foi advertido por se atrasar em treino na segunda-feira: em princípio, ficará duas semanas afastado do time e receberá multa, mas teve permissão para treinar normalmente. A primeira reação do clube havia sido a de suspender seu contrato."Quero distância desse tipo de coisa", disse André Luiz, o do Olympique, que não tem nada a ver com a polêmica.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2002 | 15h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.