André promete recolocar Palmeiras na 1ª

O atacante André se apresentou hoje ao time do Palmeiras jurando que a fama de "Rei da Noite" conquistada durante sua passagem pelo Internacional e a rescisão de contrato por este motivo, não passam de intriga da imprensa gaúcha. O jogador, autor do gol do Vitória que definiu o rebaixamento do time do Parque Antártica no Campeonato Brasileiro do ano passado (o jogo terminou 4 a 3), prometeu à torcida não só empenho como gols para fazer esquecer as lembranças tristes de 2002. "Isso foi coisa dos jornalistas gaúchos que quiseram arrumar uma justificativa para minha saída do Internacional", disse André sobre sua fama de atleta que gosta da vida noturna. Segundo o jogador, o motivo da rescisão do contrato com seu antigo clube foi outro, que não quis comentar, mas o empresário do jogador afirmou que o atacante foi liberado por causa de uma dívida de R$ 140 mil. "Além disso tenho mulher e um filho de três meses e não tenho tempo para estas coisas." André lamentou a boa memória dos jornalistas, que se recordaram do gol marcado pelo Vitória que definiu o rebaixamento do Palmeiras. "Ihhhh, esperava que não lembrassem disso", disse o jogador. "Mas acho que Deus faz as coisas certas: da mesma forma que eu ajudei o time a cair espero fazer gols para ajudar ele a subir para a primeira divisão onde é o seu lugar." O atacante, que se recuperou de uma artroscopia no joelho, acredita que terá condições de jogo em uma semana de treino e também negou o trauma de cabecear. André não se mostrou abalado com o fato do técnico Jair Picerni ter declarado que ele não estava em sua lista de jogadores pretendidos para a equipe. "É normal um técnico não conhecer muito um jogador que está chegando." O atacante acredita que com o tempo, vai conseguir ganhar a confiança do treinador que chamou de "um dos melhores técnicos do Brasil". Titulares - Se depender do treino de hoje, no Palestra Itália, Pedrinho será realmente o titular no meio-de-campo na partida contra o Londrina, sábado, a partir das 18 horas. O técnico Jair Picerni afirmou que a formação que usaria seria provavelmente a que será adotada no sábado e o jogador estava no elenco principal no lugar de Diego Souza, que vai, junto com o atacante Vagner, se apresentar ao técnico Valinhos para os treinos preparatórios para os Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo. Outra mudança possível na equipe está na defesa. Durante os treinos o técnico testou formação com Daniel e Leonardo na zaga, deslocando o volante Alceu para o meio-de-campo, no lugar de Adãozinho.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 18h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.