Andrei, do União, fica no Brasil

O zagueiro Andrei, vice-artilheiro do Campeonato Paulista de 2001, vai mesmo ficar no Brasil. O jogador está treinando normalmente no União São João desde o começo do mês e tinha a esperança de atuar no futebol europeu neste semestre.A tentativa de levá-lo para o exterior foi feita pelo seu empresário, o uruguaio Juan Figger, que não obteve êxito. O jogador esteve para acertar com times da Espanha e da Itália, mas a negociação não evoluiu.O União São João, com quem o zagueiro tem contrato, pretende agora negociá-lo com times do Brasil. Atlético-MG, Atlético-PR e Santos, que o haviam sondado, podem entrar no negócio. A única definição até o momento é que Andrei não disputará a Série B do Campeonato Brasileiro pelo União.Por sinal, o time está treinando sob o comando de Márcio Rossini há mais de um mês, aguardando uma definição sobre a competição por parte da CBF. Até o momento, a única novidade é a volta do veterano atacante João Paulo. A diretoria do clube afirma que poderá trazer reforços assim que o início da competição for oficializado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.