Nelson Antoine/AP
Nelson Antoine/AP

Andrés diz que Ronaldo deve ficar fora do clássico

Após sentir dores na coxa direita, Ronaldo passará por exames que vão definir se ele joga contra o Palmeiras

AE, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 12h43

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou nesta quinta-feira, em evento que serviu para oficializar uma iniciativa solidária realizada em conjunto com o Palmeiras para promover o clássico do próximo domingo, que o atacante Ronaldo deverá ficar fora do confronto.

O jogador deixou a partida contra o Mirassol, na última quarta-feira, no Pacaembu, depois de sentir uma lesão na coxa direita no segundo tempo. O Fenômeno será submetido a exames pelo departamento médico corintiano nesta quinta-feira, que irão revelar a gravidade do problema.

Apesar do diagnóstico ainda não ter sido divulgado pelo clube, o presidente corintiano adiantou: "O Ronaldo teve um desconforto, a gente não sabe se é grave ou não, mas a princípio ele estará fora do jogo de domingo, pois temos de preservar o jogador". Ao mesmo tempo, porém, o dirigente lembrou que é preciso esperar o resultado do exame para saber se o atacante poderá encarar o Palmeiras.

Caso seja realmente descartado do clássico com o Palmeiras, Ronaldo irá desfalcar o Corinthians depois de ter participado com destaque do último confronto com o rival. Em novembro do ano passado, ele marcou dois gols no empate por 2 a 2 com o adversário, pelo Campeonato Brasileiro, em duelo disputado em Presidente Prudente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.