Andrés Guardado: 'a seleção mexicana não tem medo de ninguém'

Confronto das oitavas de final da Copa do Mundo entre Holanda e México será disputado neste domingo às 13h no calor de Fortaleza

Agência Estado

28 de junho de 2014 | 09h19

A campanha holandesa de três vitórias em três jogos e dez gols marcados até aqui não assusta o mexicano Andrés Guardado para o confronto entre as seleções, agendado para este domingo pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Segundo o meia, sua equipe tem qualidade para não se amedrontar contra nenhum adversário na fase de mata-mata do Mundial. 

"A verdade é que não temos medo de ninguém, estamos felizes por enfrentar quem quer que seja e esperamos sair vencedores. Vamos jogar de igual para igual e complicar a vida da Holanda, porque o México não é nada fácil. E vamos em busca da classificação, que é o que realmente queremos", afirmou Guardado, em entrevista ao site da Fifa publicada neste sábado. 

O jogador imagina que a partida em Fortaleza será difícil contra os holandeses, assim como foram as disputadas na primeira fase. "Sim, será um jogo duro. Os três confrontos da fase de grupos já foram difíceis, especialmente contra o Brasil, outro favorito. Vamos com a mesma expectativa: fazer história para o México", afirmou o atleta de 27 anos, que tenta ajudar sua seleção a alcançar as quartas de final pela primeira vez desde 1986. 

Ausentes em 1990, os mexicanos foram eliminados nas oitavas de final em todas as edições de 1994 em diante. O veterano das últimas duas Copas pelo menos quebrou no Brasil a escrita de nunca ter feito gol no torneio. "Simplesmente não dá para explicar o que senti. Foi uma sensação de adrenalina enorme. Estou muito feliz, mas principalmente satisfeito pela maneira como a equipe atuou e como todos os jogadores estão comprometidos, compartilhando o mesmo objetivo, entre outras coisas", disse Guardado, que fez o segundo gol do México na vitória por 3 a 1 sobre a Croácia, na última segunda-feira, pela terceira rodada do Grupo A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.