Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Andrés Sanchez se reúne com organizada do Corinthians e promete quatro reforços

Presidente se encontrou com seis membros da torcida nesta quinta-feira no Parque São Jorge

João Prata, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2018 | 17h28

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, se reuniu nesta quinta-feira com um grupo de torcedores da Gaviões da Fiel. Seis membros da principal organizada do time foram até o Parque São Jorge conversar com o mandatário do clube.

A conversa durou cerca de 1h30 e, de acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, foi uma encontro habitual sobre planejamento para a próxima temporada.  Andrés, sem citar nomes, prometeu quatro reforços para 2019, além dos dois que já chegaram: o lateral-direito Michel Macedo e o atacante Gustavo Silva. No entanto, Andrés já avisou anteriormente que não fará grandes investimentos.

Os torcedores questionaram também sobre a gestão financeira. Na terça-feira, o clube divulgou o balanço referente ao mês de agosto e apresentou um déficit de R$ 21 milhões na atual temporada, além de R$ 504 milhões no total. Houve um aumento de 22% no déficit em comparação a julho, quando o número era de R$ 17,3 milhões.

Apesar dos números, o clube acredita que conseguirá fechar o ano no azul, pois ainda receberá R$ 20 milhões da premiação da Copa do Brasil e outras receitas vindas de patrocínios pontuais. 

Outro ponto da reunião foram os gastos da Arena Corinthians. O Corinthians paga mensalmente parcelas de R$ 5,9 milhões e até agora não conseguiu definir um patrocinador para dar nome ao estádio. 

A Gaviões pediu ainda para analisar os contratos dos jogadores. A torcida se comprometeu a contratar uma empresa de auditoria para verificar os acordos. Andrés foi convocado a participar de uma reunião no Conselho Deliberativo da Gaviões. De acordo com a assessoria de imprensa da torcida, o dirigente prometeu comparecer. O encontro ainda não tem data marcada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.