Assessoria/CBF
Assessoria/CBF

Andressa Alves se lesiona e está fora da Copa do Mundo Feminina

Atacante sofreu lesão muscular na coxa esquerda e não atuará mais na competição

Redação, Estadao Conteúdo

18 de junho de 2019 | 10h06

A seleção brasileira feminina de futebol terá um importante desfalque de última hora para a partida decisiva contra a Itália, nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), no Stade du Hainaut, na cidade de Valenciennes, na França, pela terceira e última rodada do Grupo C da Copa do Mundo Feminina. A atacante Andressa Alves sentiu uma lesão muscular na coxa esquerda e está fora da competição. Por meio do seu Instagram, ela lamentou e disse que é o pior dia da vida no futebol

"Difícil escrever qualquer coisa nesse momento, acabei me lesionando ontem (segunda) no treino, uma lesão na coxa, e estou fora da Copa do Mundo. Com certeza é o pior dia para mim dentro do futebol, eu não consigo acreditar que no meu melhor momento aconteceu isso. Tenho um sentimento de frustração enorme, de raiva. Hoje (terça) e durante o resto da Copa vou ser mais uma torcedora apaixonada pela seleção, gritando todos os minutos, temos um grande jogo hoje e confio no nosso time. Tenho certeza de que vamos fazer uma grande partida. Torçam pela gente", escreveu a atacante.

Durante o treinamento de segunda-feira, a jogadora deixou a atividade com dor aguda na região posterior da coxa esquerda. Andressa Alves foi examinada pelo departamento médico e iniciou crioterapia analgésica. Na manhã desta terça, ela foi submetida a um exame de imagem, onde foi confirmada a lesão do músculo semimembranoso na coxa esquerda.

No comunicado oficial da CBF para falar da lesão de Andressa Alves, não há informações sobre quem o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, escalará como a substituta da atacante. O time já não pode contar com a volante Formiga, de 41 anos, que está suspensa por ter recebido dois cartões amarelos. Andressa jogará no seu lugar.

O Brasil enfrenta nesta terça-feira a Itália, líder do Grupo C, e pode avançar até mesmo com uma derrota, dependendo da combinação de resultados nos outros grupos. No mesmo horário, a Austrália encara a Jamaica, lanterna da chave, e deve confirmar a sua classificação.

Assim, a seleção de Vadão pode ser primeira do grupo se vencer a Itália por dois ou mais gols de diferença e se as australianas não golearem as suas adversárias. Vitória ou empate da seleção brasileira garante a vaga sem necessitar fazer contas. Uma nova derrota, no entanto, levará a classificação para o saldo de gols.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.