Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Andrey reprovação atuação do Vasco em derrota: 'Temos de tomar vergonha na cara'

Equipe perde para o Ceará por 4 a 1, nesta segunda-feira, em São Januário

Redação, Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2020 | 21h17

Andrey reprovou a atuação do Vasco na derrota para o Ceará por 4 a 1, em São Januário, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante afirmou que o elenco precisa "tomar vergonha na cara", pediu mais responsabilidade a seus companheiros de equipe e não deixou de mencionar a importante partida pela Copa Sul-Americana no meio da semana.

O revés acabou abalando o Vasco, que buscava uma reação na competição. A derrota para um adversário direto na briga contra o rebaixamento deixou o time carioca na 17ª colocação, com 24 pontos. O Sport, primeiro time fora da degola tem 25.

"Jogo para esquecer. Precisamos tomar vergonha na cara. Vasco é um clube muito grande. Não podemos passar por essa situação. Perder de 4 a 1 dentro de casa, tem que doer, tem que sangrar, essa é a palavra. Quem veste a camisa dentro de campo tem que correr, tem que se doar, tem que dar o coração", falou.

Andrey mostrou muita irritação com o resultado, mas quer o time focado no jogo contra Defensa y Justicia, nesta quinta-feira, às 19h30, em São Januário. No duelo de ida, os times empataram por 1 a 1. A igualdade, desde que seja sem gols, dará a classificação ao time carioca.

"Temos que botar a cabeça no lugar e ver o que estamos fazendo de errado. Precisamos assumir a responsabilidade e dar a cara a tapa. O resultado de hoje precisa ser esquecido. Pensar na Sul-Americana, uma decisão. É dormir hoje sofrendo com essa derrota feia e melhorar na quinta. Futebol nos dá essa oportunidade de dar a volta por cima rapidamente", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.