Andrezinho pede 'erro zero' para Vasco superar Santa Cruz em jogo decisivo

Na ida, em São Januário, cruzmaltino empatou em 1 a 1 com pernambucano

Estadão Conteúdo

19 de julho de 2016 | 14h52

O Vasco não esconde que está encarando o jogo desta quarta-feira com o Santa Cruz, no Arruda, pela terceira fase da Copa do Brasil, como um dos mais importantes da temporada. Em situação confortável na Série B, o time carioca tenta seguir vivo no torneio mata-mata, mas está em situação complicada. Por isso, Andrezinho destacou no embarque para Pernambuco a necessidade de o time não cometer erros, além de ter prometido assumir a condição de líder do time, ainda mais pela ausência de Nenê.

"É decisão. Particularmente, são nestes jogos que os grandes jogadores crescem e aparecem, até porque temos 90 minutos para decidir uma classificação. Então, não podemos nos poupar, não é como Campeonato Brasileiro, que você pode recuperar. Copas neste formato de mata-mata tem que ter concentração e eu gosto de dizer que é erro zero. Isto significa não termos grandes erros. Quanto mais atento estivermos, até porque atuando fora de casa, a equipe deles terá que sair um pouco mais e isso irá nos facilitar", disse.

No jogo de ida, em São Januário, Vasco e Santa Cruz empataram por 1 a 1. Por isso, o time carioca só vai avançar às oitavas de final da Copa do Brasil em caso de vitória ou ao menos com um empate por 2 a 2. A obrigação de conseguir um resultado positivo não pode se transformar em afobação, como destacou Andrezinho.

"Vencer, mas, claro que tem que ter calma. Nós não podemos querer ganhar a partida de qualquer maneira, tem 90 minutos, a partida não será decidida em cinco ou dez minutos. Temos que ter tranquilidade. Nosso time é bem maduro neste sentido e temos que usar nossa experiência. Com certeza devemos ser ofensivos, mas não podemos descuidar, porque as coisas podem dificultar", comentou.

Andrezinho também garantiu que todos sabem as dificuldades que o Santa Cruz terá no duelo de quarta-feira, encarando um adversário que contará com o apoio de uma torcida fanática no Arruda. Mas assegurou que os desafios não assustarão o time do Vasco.

"O Santa Cruz vai jogar dentro de casa, sabemos que a torcida deles é fanática e vai empurrar a equipe do começo ao fim, mas a força do nosso elenco, do Vasco da Gama é muito grande. A gente vai muito confiante, sabemos que uma vitória simples nos dá a classificação e estamos preparados. Nós temos conseguido alguns resultados positivos fora de casa e é uma decisão. O Vasco cresce nestes momentos", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.