Stefan Wermuth/Reuters
Stefan Wermuth/Reuters

Anelka brilha e Chelsea vence o Copenhague

Time inglês marcou dois fora de casa em partida das oitavas de final da Liga dos Campeões

EFE

22 de fevereiro de 2011 | 19h29

A grande esperança do Chelsea era o espanhol Fernando Torres, mas quem brilhou mesmo foi Anelka, que marcou duas vezes e garantiu a vitória do Chelsea por 2 a 0 em cima do Copenhague, nesta terça-feira, na Dinamarca, pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Os dois times voltarão a se enfrentar no dia 16 de março, no estádio Stamford Bridge, em Londres. Em situação confortável, o Chelsea poderá até perder por um gol de diferença que avança às quartas da Liga dos Campeões. Já o Copenhague precisará vencer por dois gols de diferença, exceto pelo placar de 2 a 0, que leva a partida para os pênaltis.

O jogo começou bem morno, sem chances claras para ambos os lados. A primeira boa oportunidade resultou no gol dos visitantes. Aos 16 minutos, depois de bobeira da zaga dinamarquesa, Anelka dominou e bateu rasteiro de direita para estufar as redes do Copenhague.

Mesmo jogando em casa, o time da Dinamarca ficou recuado e permitiu que o Chelsea criasse mais chances no jogo. Mas mesmo dando pressão e com maior posse de bola, a equipe de Carlo Ancelotti não teve muitas outras oportunidades claras de gol na primeira etapa.

Aos 21, Fernando Torres, uma das esperanças dos 'Blues', pedalou, puxou para a esquerda, e bateu de bico na saída do goleiro Wiland. A bola saiu pela linha de fundo.

Autor do gol do Chelsea, Anelka, foi o melhor em campo. Aos 31, o atacante francês deu um belo drible no meio de dois, ficou sozinho na grande área, mas quando foi bater, chutou fraco, nas mãos do goleiro.

O primeiro tempo foi todo dominado pelos 'Blues' no estádio Parken e o time líder do Dinamarquês quase não criou, ficando acuado na maior parte do tempo em seu campo.

Na segunda etapa, o Copenhague começou assustando. Logo no primeiro minuto, Vingaard dominou e bateu rasteiro à direita do goleiro Petr Cech, que caiu e fez boa defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.