Angustiado, Marcelinho pede para voltar

O drama do meia Marcelinho Carioca chegou ao extremo nesta véspera de Natal. O jogador entrou em contato com o Globo Esporte para pedir interferência do governo brasileiro em seu retorno ao Brasil. Em mais uma tentativa frustrada de volta ao País, o ex-jogador do Vasco se diz chantageado pelos dirigentes sauditas. ?A Fifa já me liberou, enviou duas cartas aos dirigentes sauditas, mas eles estão fazendo chantagem comigo. Querem que eu rescinda contrato sem levar nada?, revelou. ?Estou há quatro meses aqui e ainda não recebi nada. Eu não agüento mais ficar aqui e preciso passar o Natal com os meus familares?, suplicou.Após desavenças com os dirigentes do Al-Nassr, está impedido de deixar o país. Os donos do clube pertencem à Família Real árabe e apreenderam o passaporte do atleta. Mais do que isso, a renovação de seu visto foi negada e, recentemente, cortaram a luz do apartamento onde mora. Marcelinho rescindiu contrato com o clube em 26 de novembro, por causa do atraso no pagamento dos salários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.