Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Animada com triunfo, seleção brasileira volta a se reunir no domingo

Atletas se apresentarão para jogar contra Costa Rica e México, dias 7 e 11 de outubro

Sílvio Barsetti - Enviado Especial, O Estado de S. Paulo

29 de setembro de 2011 | 08h00

BELÉM - Depois da partida de ontem à noite com a Argentina, no Mangueirão, em Belém, a seleção brasileira voltar a se reunir domingo e segunda-feira para os dois "amistosos da polêmica", contra Costa Rica e México, dias 7 e 11 de outubro.

Com a aproximação da data das duas partidas, o tom da chiadeira dos clubes brasileiros contra o técnico Mano Menezes deve voltar a subir. Há algum inconformismo, pois no momento em que o Campeonato Brasileiro entra em sua reta final, várias equipes ficarão desfalcadas por conta da seleção.

Mano Menezes chamou nove jogadores que atuam em clubes brasileiros para estes dois jogos. Como o Brasileiro não vai ser interrompido, há casos de clubes que se verão desfalcados por uma rodada e outros por duas. Os atletas só voltam a seus times a partir de 12 de outubro.

Os convocados de clubes brasileiros se apresentam à seleção no domingo, após a rodada do Nacional. A maioria dos "estrangeiros’’ vai se juntar ao grupo na segunda-feira.

A seleção brasileira joga no dia 7, sexta-feira, com a Costa Rica, em San José, e no dia 11, uma terça-feira, com o México, na cidade de Torreón.

Mano Menezes pode ter um desfalque para esses dois amistosos. O atacante Kléber, do Porto, que convocou pela primeira vez, machucou o ombro esquerdo ontem, na derrota de seu time para o Zenit, da Rússia, por 3 a 1, pela Liga dos Campeões da Europa, e não sabe se terá condições de se apresentar. "Estou preocupado, pois está doendo muito", disse Kléber, que passará hoje por exames em Portugal.

Nesta quarta-feira, a Fifa divulgou que Brasil e Egito farão um amistoso dia 15 de novembro, em Doha, no Catar, e outro em 28 de fevereiro, no Cairo. A CBF, porém, não confirmou a informação. A entidade também não se pronunciou sobre o anúncio feito pelo senador paraense Flecha Ribeiro, após encontro com Ricardo Teixeira, de que Belém será uma das sedes da Copa América de 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.