Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Animado com goleada, Santos quer os 3 pontos no Rio

Com três atacantes, equipe santista enfrenta o Vasco, a partir das 21 horas, em São Januário

SANCHES FILHO, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 08h17

O Santos quer se aproveitar do mau momento vivido pelo Vasco, nesta terça-feira, às 21 horas (de Brasília, com transmissão do estadão.com.br e da rádio Eldorado/ESPN), no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, para somar mais três pontos e continuar sonhando com a conquista histórica da tríplice coroa da temporada (títulos do Campeonato Paulista, Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro).

Veja também:

linkVasco quer triunfo para ficar distante da zona da degola

A goleada por 4 a 1, com um jogador a menos durante os 30 minutos finais, contra o Cruzeiro, colocou fim à turbulência provocada pelos atos de indisciplina de Neymar e pela demissão do técnico Dorival Júnior. A atuação segura do time, no segundo tempo do jogo de sábado passado, acabou com a crise e deu novo ânimo aos jogadores.

Mas a derrota do Vasco diante do Guarani, em Campinas, e a goleada do time em Barueri não foram os principais motivos para que o clima de paz fosse restabelecido no Centro de Treinamento Rei Pelé e a confiança voltasse. O que mais anima os dirigentes, os jogadores e integrantes da comissão técnica é o novo Neymar. O garoto mostrou contra o Cruzeiro que continua sendo o atacante mais completo em atividade no futebol brasileiro, mas que a sua cabeça mudou bastante.

Com o respaldo da goleada contra o Cruzeiro, o treinador tampão começa a fazer algumas alterações para deixar o time mais ao seu estilo. Nesta terça, diante do Vasco, ele repetirá a formação com três atacantes que usou no sábado passado, mas com uma novidade. Zezinho, que vinha sendo improvisado como armador e até como segundo volante por Dorival Júnior, volta a ser atacante, como quando chegou, com Alex Sandro, ao Santos emprestado por investidores ligados ao iraniano Kia Joorabchian. Ele entra no lugar do suspenso Zé Eduardo para formar o trio de frente com Marcel e Neymar.

Outras mudanças serão nas laterais. Pará agora é reserva de Danilo, que vinha atuando de volante. E do outro lado, Alex Sandro, autor de um gol digno de placa contra o Cruzeiro, entra no lugar de Léo, que vai passar por um novo trabalho de reforço muscular.

VASCO - Fernando Prass; Fágner, Titi, Fernando e Max; Jumar, Felipe Bastos, Felipe e Zé Roberto; Éder Luís e Rafael Coelho. Técnico: PC Gusmão.

SANTOS - Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Roberto Brum, Arouca e Marquinhos; Zezinho, Marcel e Neymar. Técnico: Marcelo Martelotte.

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (DF); Horário - 21 horas (de Brasília); TV - Pay-per-view; Rádio - Eldorado/ESPN (AM 700/FM 107,3); Local - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.