Animado, La Coruña volta a campo

O Deportivo mal teve tempo de curtir a vitória histórica sobre o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões da Europa. Três dias depois de sair de 3 a 0 e vencer por 4 a 3, o atual campeão espanhol volta a campo, desta vez para jogar com o Numancia, pela 26ª rodada do torneio nacional. A partida foi antecipada para este sábado à noite, para permitir que o La Coruña descanse um pouco antes de nova ? e decisiva ? partida pela competição européia, terça-feira, contra o Milan, na Itália. "É uma fase dura, em que todos os jogos se tornam decisivos", reconheceu Javier Irureta, que virou herói local ao colocar uma formação ofensiva no segundo tempo do duelo com os franceses. "Estamos brigando em duas frentes e temos de saber controlar o físico e os nervos", ponderou o técnico. O Deportivo é vice-líder do Campeonato Espanhol, com 48 pontos, cinco menos do que o Real Madrid. Na Liga dos Campeões, divide o segundo lugar de seu grupo com o Milan e joga pelo empate terça-feira, no estádio Giuseppe Meazza. Para desgastar menos seus jogadores, o treinador resolveu fazer rodízio. Na partida que abre a rodada de fim de semana, ficam fora pelo menos Donato, Naybet, Romero, Émerson e Djalminha. Em compensação, foi mantido o atacante "Rifle" Pandiani, autor de três dos gols da noite fantástica de quarta-feira, quando o Riazór foi cenário de uma das viradas mais espetaculares da história do La Coruña. "Foi um dos melhores momentos de minha carreira", admitiu o volante Mauro Silva. "Tivemos comportamento de time que briga por título", emendou o veterano zagueiro Donato. O Deportivo sabe que o bicampeonato ficou mais distante e que o favorito é o Real Madrid, que não perde o ritmo. Por isso, as forças se concentram no desafio italiano. O jogo fecha a segunda fase da Liga dos Campeões e vale a vaga para as quartas-de-final. O Galatasaray, adversário do Palmeiras no Mundial de Clubes da Fifa, fez sua parte, ao ganhar do Milan por 2 a 0, na quarta-feira, e se garantiu por antecipação. O Numancia tem 26 pontos, está na zona de descenso, traz lembranças desagradáveis para o Deportivo e tentará aproveitar-se da divisão de preocupações do adversário. No campeonato de 99-2000, foi a La Coruña no primeiro turno e venceu por 2 a 0. "Desta vez, a história será diferente", imagina Irureta. "Temos um time que acredita mais em sua força." O Numancia não poderá contar com os titulares Manel, Pirri, Ivan Perez e José Manuel, que pertencem ao Deportivo e que, por contrato, não devem entrar em campo. O sábado no Campeonato Espanhol terá ainda o Valencia, terceiro colocado com 46 pontos, em partida com o Osasuna, 23 e em penúltimo lugar. O Valencia passou para as quartas-de-final da Liga dos Campeões e na terça-feira, receberá o Panathinaikos na última rodada. O terceiro jogo deste sábado pelo Campeonato Espanhol reunirá Athletic Bilbao (34) e Villarreal (38). O líder Real Madrid joga no domingo com o Real Sociedad, enquanto o Barcelona recebe o Mallorca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.