Aniversariante, Dagoberto comemora 2010 'perfeito'

No São Paulo desde 2007, Dagoberto já viveu momentos bastante distintos no São Paulo. No entanto, depois de lidar com a reserva e com as críticas por algumas atuações ruins e, principalmente, por receber muitos cartões, o atacante atravessa novamente uma boa fase. Nesta segunda-feira, ele completou 27 anos, e comemorou o bom início de ano.

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 19h49

"Este ano de 2010 está sendo perfeito. Teve este contratempo no primeiro jogo, mas eu aprendi. Estou feliz com o meu momento no São Paulo", afirmou o atacante, lembrando sua expulsão no primeiro jogo pelo Campeonato Paulista, no qual o São Paulo foi derrotado por 3 a 1 pela Portuguesa.

Neste ano, Dagoberto marcou quatro gols, sendo três pelo Paulistão e um pela Copa Libertadores, na última quinta-feira, na vitória sobre o Nacional. Assim, o atacante pode almejar a sua melhor temporada no clube, superando a do ano passado, quando marcou dez gols.

Para o jogador, isso é possível porque o setor ofensivo do São Paulo está funcionando melhor. "As bolas estão chegando mais. Com ela nos pés dá para criar mais jogadas para os companheiros e também jogadas individuais. Temos de conversar dentro de campo, se aproximar um do outro, o que antes era difícil", comentou Dagoberto.

No treino desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, o atacante bem que tentou fugir da tradicional comemoração dos companheiros, mas o lateral-esquerdo Júnior César foi o responsável por comandar a ovada dos demais jogadores sobre o aniversariante do dia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.