Aniversário do estádio motiva Ponte Preta

A diretoria da Ponte Preta achou um bom motivo para tentar esquecer a crise que ronda o time nos últimos dois meses. Sem vencer há oito jogos no Campeonato Brasileiro, a comemoração dos 55 anos de fundação do estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, foi marcada por bolo e velas para os jogadores antes do treino da tarde desta sexta-feira.Este clima de alegria é mais uma tentativa para motivar o elenco que domingo, às 18 horas, enfrenta o Atlético-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 30ª rodada da competição.O técnico Abel Braga acredita que possa surpreender os mineiros dentro de sua própria casa. Para isso, conta com o fato de já ter trabalhado no adversário e saber da pressão que a torcida irá fazer caso o time não marque gols no começo do jogo. "A torcida do Atlético é muito exigente. Temos que controlar o ataque deles, pois, assim, os torcedores mineiros podem virar mais uma arma a nosso favor", espera o treinador, que faz sua partida de número 42 no comando da Ponte Preta.Para este jogo ele já tem o time definido. O lateral-direito Marquinhos, que cumpriu suspensão, tem retorno garantido no lugar de Carlos Alexandre. Além dele, o volante Roberto se recuperou de uma lesão na virilha e também está confirmado entre os titulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.