Ansioso, Gil admite: 'Estamos muito próximos daquilo que colocamos na cabeça'

O zagueiro Gil admitiu que os jogadores do Corinthians estão ansiosos com a possibilidade de conquistarem o título do Campeonato Brasileiro neste fim de semana. Para ser campeão com quatro rodadas de antecedência, a equipe precisa vencer o Coritiba, sábado, no Itaquerão, e torcer por um empate do Atlético-MG com o Figueirense, domingo, em Florianópolis.

RAPHAEL RAMOS, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2015 | 20h45

"Todos ficamos ansiosos, meninos da base ou jogadores experientes como o Danilo. Estamos muito próximos daquilo que colocamos na cabeça. No começo do campeonato éramos uma equipe, fomos nos consolidando. Ficamos ansiosos, mas ao mesmo tempo sabemos que a tranquilidade vem com o nosso trabalho", disse o zagueiro.

Para ficar com o título já neste fim de semana, Gil admite que passará a tarde de domingo torcendo pelo Figueirense. "Vou ser sincero. Neste jogo, até pela vantagem que construímos, vou estar na frente da televisão secando um pouquinho. Temos de fazer primeiro nossa parte no sábado. Domingo vamos ver, mas eu vou estar ligado na televisão", disse.

Campeão da Série C em 2008, o zagueiro vê no Brasileiro deste ano a chance de conquistar o maior título da sua carreira. "Venci a Série C com o Atlético-GO, mas não tem nem comparação. Estamos muito perto disso aí, mas ao mesmo tempo é preciso humildade para se consolidar de uma vez. É um título muito importante para todos que aqui estão", disse.

Nesta quinta-feira, Tite comandou um coletivo e confirmou a volta de Elias no meio-campo no lugar de Rodriguinho. O volante retorna à equipe após cumprir suspensão na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, no último domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansGilBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.