Ceará SC / Flickr Oficial
Ceará SC / Flickr Oficial

Antecipação de jogo com Ceará fará Santos atuar 4 vezes seguidas como visitante

Equipe alvinegra disputará nove partidas durante o mês de agosto

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

18 de julho de 2018 | 12h06

A decisão da CBF de antecipar a partida entre Ceará e Santos, válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro e que agora será disputada em 8 de agosto, ampliará a maratona de jogos do clube paulista e também o fará disputar quatro confrontos consecutivos como visitante no começo do próximo mês.

+ Lisca aposta em uma equipe rápida para o Ceará desencantar no Brasileirão

+ Campeonato Brasileiro volta na 'ressaca' da Copa do Mundo

A CBF só detalhou a tabela do Brasileirão até a 19ª rodada, mas já marcou um confronto da jornada seguinte, entre Ceará e Santos, no Castelão, para 8 de agosto. Isso representou uma antecipação, pois a previsão é de que os jogos da 20ª rodada sejam realizados nos dias 22 e 23.

Não seria, porém, possível para o Santos atuar em uma dessas datas, pois a Conmebol agendou o jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, na Argentina, contra o Independiente, para 21 de agosto. Assim, a CBF aproveitou o único meio de semana que o time tinha livre no mês para antecipar o confronto com o Ceará. E, com isso, a equipe vai disputar nove jogos em agosto.

Além de encarar uma "maratona" no próximo mês, o Santos também fará uma sequência de quatro jogos como visitante no começo de agosto, sendo três desses compromissos pelo Brasileirão e um da Copa do Brasil. Essa série se iniciará no Rio, em 4 de agosto, contra o Botafogo. Depois, passará por Fortaleza e mais dois jogos em Belo Horizonte - dia 12, pela Série A, contra o Atlético-MG e dia 15, pela Copa do Brasil, diante do Cruzeiro.

A "maratona" de jogos do Santos não se resume apenas a agosto e tem relação com o calendário reduzido de 2018 em função da pausa dos principais torneios durante o período da Copa do Mundo. Além disso, o time segue vivo na Copa do Brasil e na Libertadores, torneios realizados concomitantemente ao Brasileirão.

Por isso, quando entrar em campo nesta quinta-feira para enfrentar o Palmeiras, no Pacaembu, pela 13ª rodada da Série A, o Santos iniciará uma série de 16 jogos em 53 dias.

O time ainda tem um compromisso a mais a fazer pelo Brasileirão, diante do Vasco, pela terceira jornada, que precisou ser adiado por causa, naquela época, da proximidade de confronto com o Nacional do Uruguai, pela Libertadores, e que ainda não teve uma nova data determinada. Assim, a maratona santista está longe do fim. E poderá ser ainda maior caso a equipe tenha êxito na Copa do Brasil e no torneio continental.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.