Thiago Toledo / Ponte Press
Thiago Toledo / Ponte Press

Antes de estreia, Eduardo Baptista admite carências na Ponte Preta

Equipe de Campinas enfrenta o Corinthians nesta quarta-feira, no Pacaembu

Estadão Conteúdo

15 Janeiro 2018 | 21h02

O Campeonato Paulista vai começar para a Ponte Preta nesta quarta-feira, quando enfrentará o Corinthians, no Pacaembu. O elenco, porém, ainda não está fechado, tanto que o técnico Eduardo Baptista admitiu ter algumas posições carentes, como a lateral esquerda e a de volante.

+ MP determina que todos os jogos da Ponte Preta tenham torcida única em 2018

"A gente tem só um time. Estamos em construção e precisamos de contratações. Estamos em busca de um lateral-esquerdo, temos dificuldade de volante também. São emergências para serem sanadas o mais rápido possível. A diretoria tem trabalhado e corrido atrás", disse o treinador.

A prioridade é na lateral esquerda. Após Fernandinho conseguir a rescisão através de uma liminar na Justiça na semana passada, Eduardo Baptista ficou sem nenhum jogador da posição para o setor. Para fazer a função de volante, o treinador tem Ronaldo, Marciel, João Vitor, Mendoza e Xavier, mas ainda busca mais opções.

Existe a possibilidade de mais jogadores serem contratados, já que o clube enviou uma lista com 18 profissionais e o limite estipulado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) é de 26, sendo três goleiros. As vagas para atletas da base são ilimitadas.

Mais conteúdo sobre:
Campeonato Paulista Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.