Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Antes de folga no carnaval, Adilson prioriza conversa em treinamento do Cruzeiro

Técnico aposta em diálogo para corrigir falhas do time antes de partida contra o Uberlândia

Redação, Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2020 | 15h08

Depois da derrota por 2 a 0 para o Tombense, na última quinta-feira, fora de casa, o Cruzeiro caiu para o quinto lugar do Campeonato Mineiro e saiu da zona de classificação à semifinais. Preocupado com o ânimo do elenco, que sofreu transformações após o rebaixamento inédito no Campeonato Brasileiro e agora é formado por vários jovens jogadores, o técnico Adilson Batista priorizou a conversa no treino deste sábado, na Toca da Raposa II, antes da folga de carnaval.

Antes da atividade dos jogadores, o treinador conversou durante aproximadamente 10 minutos com todo o elenco em um dos bancos de reservas que ficam no gramado onde houve o treinamento. Na sequência, foi a vez de dois dos mais experientes atletas do time, o goleiro Fábio e o zagueiro Léo, baterem um papo com os colegas sem a presença de alguém da comissão técnica.

O elenco se reapresentará na manhã de terça-feira e iniciará preparação para uma sequência decisiva por duas competições. No domingo, dia 1.º de março, jogará em casa contra o Uberlândia, pelo Estadual, encara o Boa, em Varginha (MG), na quarta seguinte, pela segunda fase da Copa do Brasil, e faz o clássico contra o Atlético-MG no sábado, no estádio do Mineirão.

"Primeiramente teremos o Uberlândia e a gente precisa reencontrar a vitória. Nada mais importante do que reencontrar a vitória diante do nosso torcedor. Voltar ao Mineirão é bom porque vamos ter o apoio da nossa torcida e isso vai ser importante para a gente retomar o caminho das vitórias", disse o volante Filipe Machado. "A gente sabe que tem a melhorar ainda, estamos em um processo de reconstrução e o time está começando a encorpar", completou.

O treino deste sábado contou com a presença do atacante Marcelo Moreno. O boliviano participou de toda a atividade em campo reduzido com jogadores que não começaram jogando contra o Tombense e marcou dois gols, além de uma assistência. Ele pode estrear contra o Uberlândia se seu nome for publicado no BID (Boletim Informativo Diário) na próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.