Cristiano Ronaldo se irrita e joga microfone de repórter em lago

Craque defenderá Portugal contra a Hungria nesta quarta

Estadão Conteúdo

22 de junho de 2016 | 09h47

Poucas horas antes do jogo decisivo que Portugal fará contra a Hungria, nesta quarta-feira, em Lyon, pela rodada final do Grupo F da Eurocopa, Cristiano Ronaldo se tornou o centro das atenções com uma atitude polêmica. Durante caminhada da equipe nacional pela manhã, que pôde ser acompanhada pela imprensa sem restrições, o astro português se irritou com uma pergunta feita por um repórter e atirou o microfone do mesmo em um lago localizado ao lado do local, em Lyon, na França.

A reação intempestiva aconteceu depois que um jornalista português, da rede de TV do diário Correio da Manhã, lhe perguntou: "Preparado para este jogo?". Ao ouvir esta simples questão, o jogador do Real Madrid sequer respondeu e tirou o microfone da mão do repórter de forma abrupta, para em seguida jogar o objeto na água.

A atitude intempestiva foi registrada por câmeras de TV que mostravam o atacante caminhando cercado por seguranças da seleção portuguesa nas imediações do hotel onde a equipe nacional está hospedada. O episódio ocorreu antes de a equipe comandada pelo técnico Fernando Santos encarar a Hungria nesta quarta-feira, às 13 horas (de Brasília), precisando de um empate para assegurar classificação às oitavas de final da Eurocopa.

Cristiano Ronaldo se revela nervoso antes do confronto depois de ter desperdiçado um pênalti no empate por 0 a 0 com a Áustria, no último sábado, em Paris, onde o resultado deixou Portugal na terceira posição do Grupo F da competição continental, com apenas dois pontos em dois jogos. A Hungria lidera a chave de forma isolada, com quatro pontos, enquanto a Islândia, com a mesma pontuação dos portugueses, ocupa o segundo lugar. Já os austríacos, que pegam os islandeses também às 13 horas desta quarta, ocupam a lanterna, com um ponto.

Caso empate com a Hungria, Portugal irá avançar às oitavas de final da Eurocopa, na pior das hipóteses, como um dos quatro melhores terceiros colocados. Já se vencer, tem chance de se classificar como líder ou vice-líder do Grupo F, dependendo do resultado da partida entre Islândia e Áustria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.