Peter Powell/EFE
Peter Powell/EFE

City se antecipa e renova com técnico Pellegrini até 2017

Novo acordo é assinado antes mesmo do início do Inglês

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2015 | 10h29

O Manchester City não esperou nem o Campeonato Inglês começar e, nesta sexta-feira, na véspera do início da competição, anunciou a renovação do contrato do técnico chileno Manuel Pellegrini, até meados de 2017. Assim, o treinador recebe a garantia de permanecer no clube pelas próximas duas temporadas.

"Estou muito orgulhoso de ser treinador do Manchester City e muito contente de chegar a um acordo para ampliar meu vínculo aqui. Tenho um grupo de jogadores de muita qualidade e uma grande equipe de trabalho, tanto dentro quanto fora do campo, em todos os departamentos do clube. Estou concentrado na nova temporada e seguro de nos minha equipe e eu devolveremos o apoio e o carinho demonstrado a nós", disse ele, em entrevista publicada pelo site do clube inglês.

Pellegrini, de 61 anos, teve seu primeiro trabalho de destaque à frente da Universidad Católica, em meados dos anos 1990. O treinador passou pela LDU de Quito (Equador), pelo San Lorenzo e pelo River Plate na Argentina, antes de chegar à Europa pela Espanha. Lá, comandou o Villarreal de 2004 a 2009, teve uma passagem sem brilho pelo Real Madrid, entre 2009 e 2010, e depois ficou quase três temporadas no Málaga.

O chileno está no Manchester City há duas temporadas e tinha contrato para mais uma. Com a renovação, fecham-se as portas para a especulação sobre a possibilidade de Pep Guardiola seguir para Manchester depois que se encerrar seu ciclo no Bayern de Munique.

Vice-campeão da Liga dos Campeões e eliminado pelo Barcelona nas oitavas da Liga dos Campeões, Pellegrini parecia estar com o cargo em risco no City. Para esta temporada, recebeu apenas um reforço de peso: Sterling, tirado do Liverpool a peso de ouro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.