David Klein / Reuters
David Klein / Reuters

Antes de pegar a Juventus, Pogba diz que não se arrepende de estar no United

Jogador francês foi comprado pelo Manchester e firmou contrato válido por quatro anos

O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2018 | 20h08

O francês Paul Pogba vai voltar a jogar em Turim, nesta quarta-feira, quando tiver início o confronto entre Juventus e Manchester United, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Na véspera do confronto, em entrevista coletiva, o volante francês negou que tenha se arrependido de ter saído do time italiano.

"Optar por voltar para o United, antes de tudo, foi a minha escolha. Eu não me arrependo da escolha", disse o jogador, que foi comprado pela equipe inglesa por US$ 116 milhões em 2016 e assinou contrato de quatro anos.

"Eu sei que o Manchester nos últimos anos não tem estado no topo, mas eu voltei para ajudar a equipe e levá-los de volta ao topo. Nós temos muitos objetivos. Para mim, não mudou, não me arrependo de jeito nenhum. Estou muito feliz por voltar ao United e tenho certeza de que voltaremos a ser os melhores", afirmou.

Perguntado se está feliz em Manchester, Pogba, de 25 anos, que perdeu a braçadeira de capitão em setembro, retirada pelo técnico português José Mourinho, respondeu com bom humor. "Por quê? Eu pareço triste? Estou muito feliz, estou feliz de usar esta camisa. É um grande clube e em grande clube sempre existe boatos".

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.