Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Antes de se apresentar à Venezuela, Soteldo vê Santos 'diferente' para clássico

Equipe santista enfrenta o Corinthians nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

11 de junho de 2019 | 17h27

Soteldo vai se apresentar ao técnico Rafael Dudamel, da Venezuela, na quinta-feira, para a disputa da Copa América, mas antes o atacante prevê um Santos "diferente" para o clássico contra o Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante acredita que o time esteja em um patamar superior ao do duelo pelas semifinais do Campeonato Paulista, quando o clube do Parque São Jorge obteve a vaga na decisão na disputa de pênaltis.

"É um jogo diferente. No Paulista estávamos encontrando nossa forma de jogar, professor estava trás do 11 titular. Era preparação, agora estamos nos acomodando e hoje Sampaoli tem sua base e forma de jogar, defendendo com a bola e atacando muito. Vai ser muito difícil, mas jogaremos em nossa casa. Na Vila é muito diferente, nos sentimos em casa e acho que será uma boa partida", afirmou o jogador, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

Se atuar aberto na ponta esquerda, Soteldo deverá "duelar" com o zagueiro uruguaio Bruno Méndez, que deverá ser improvisado na lateral direita corintiana, pois Fagner está na seleção brasilieira e Michel Macedo se lesionou no último fim de semana.

"Eu sempre gosto de jogar pela esquerda, meia e direita, independentemente do lateral. Gosto mais da esquerda, posso cortar para os dois lados. Espero jogar da melhor forma como fiz contra o Atlético-MG", disse o atleta, referindo-se à vitória, por 3 a 1, do fim de semana.

Presente na lista preliminar de 40 convocados da Venezuela, Soteldo estava fora da relação definitiva de Dudamel para a Copa América, mas foi chamado após a lesão de Adalberto Peñaranda, do inglês Watford. Com ele, o Santos terá três jogadores na disputa da competição. Os outros são o atacante paraguaio Derlis Gonzalez e o meia peruano Cueva.

O Santos é o vice-líder do Brasileiro, com 17 pontos, após oito rodadas, com cinco vitórias, dois empates e uma derrota.

Mais conteúdo sobre:
Santos Futebol Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.