Vitor Silva/SSPress
Vitor Silva/SSPress

Antes de ser pai pela 2ª vez, Pimpão festeja golaço pelo Botafogo e fim de jejum

Atacante encerra jejum ao balançar as redes pela primeira vez neste Campeonato Carioca

Estadão Conteúdo

07 Março 2018 | 09h58

Autor do golaço que garantiu a vitória por 1 a 0 do Botafogo sobre o Bangu, nesta terça-feira, no Engenhão, Rodrigo Pimpão viveu uma noite inesquecível para a sua carreira. O atacante encerrou um longo jejum ao balançar as redes pela primeira vez neste Campeonato Carioca. E isso ocorreu um dia antes do nascimento de Manuela, previsto para acontecer nesta quarta, quando ele será papai pela segunda vez. A menina chega para ser a irmã de Davi, outro filho do jogador.

+ Confira a classificação da Taça Rio

Após o confronto, Pimpão disse que dedicou o seu gol à Manuela e admitiu alívio pelo fim do longo e incômodo jejum de gols. "Muito feliz de ajudar o Botafogo em um momento tão especial e delicado na minha vida. Depois de cinco anos tentando mais um filho, agora veio a Manuela, que está vindo para agradar amanhã (nesta quarta)", afirmou o atacante, em entrevista ao SporTV, ainda no gramado do Engenhão.

E Pimpão reconheceu que vinha atuando mal no primeiro tempo do duelo desta terça-feira, no qual depois se redimiu ao marcar um golaço aos 10 minutos da etapa final. Ele invadiu a área do adversário pela esquerda, deu um drible em um marcador e chutou forte para acertar o ângulo do goleiro Célio Gabriel.

"O Botafogo está me apoiando e fiquei muito feliz de ter ajudado com o gol, mas tenho que agradecer mesmo aos meus companheiros, que me apoiaram. Não estava fazendo um bom primeiro tempo, não estava conseguindo fazer um bom jogo. No segundo tempo a gente voltou com outra cara e conseguimos sair com a vitória", completou o atleta.

E Pimpão também enfatizou: "Não tem melhor momento do que esse. Poder sair com a vitória, fazer o gol aqui no Nilton Santos. Eu tinha feito gol contra a Aparecidense, mas a gente perdeu e foi eliminado (na primeira fase da Copa do Brasil). Hoje (terça-feira) foi diferente: fiz o gol e o gol da vitória para a minha filha que está vindo aí".

O triunfo desta terça-feira fez o Botafogo assumir a segunda colocação do Grupo C da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, no qual voltará a jogar no domingo, contra o Volta Redonda, fora de casa, no estádio Raulino de Oliveira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.