Antes do clássico, Flamengo acerta salários de janeiro

Uma injeção de ânimo. Assim podem ser definidos os esforços da diretoria do Flamengo em quitar parte dos salários atrasados e deixar a equipe mais animada para o clássico de domingo contra o Vasco, partida de vida ou morte para a equipe da Gávea.

AE, Agencia Estado

20 de março de 2009 | 19h09

Por meio do subsídio do ex-vice presidente de finanças do clube, José Carlos Dias, o Flamengo dizimou, parcialmente, as questões salariais de jogadores, comissão técnica e funcionários. Foram pagos os vencimentos referentes a janeiro e décimo terceiro salário do futebol e dos funcionários, além de dois meses do time de basquete e dos atletas do remo.

Agora, fica faltando acertar somente os salários de fevereiro, que vencem no dia 25. Cerca de R$ 10 milhões foram liberados para o Flamengo e o atual vice-presidente de finanças, Sebastião Pedrazzi, classificou o recebimento da importância como um milagre.

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengosalários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.