Antônio Lopes recusa convite da seleção brasileira

O técnico Antônio Lopes recusou nesta terça-feira o convite da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para trabalhar como observador da comissão técnica da seleção durante a Copa. Desempregado desde que deixou o Corinthians, no começo de março, ele alegou que não gostaria de ficar parado até junho, quando começa o Mundial da Alemanha.?Fiquei lisonjeado com o convite da CBF, mas não seria correto dizer sim agora e daqui a alguns dias pedir minha saída, a fim de dar curso a um novo trabalho?, afirmou Antônio Lopes, que foi coordenador-técnico da seleção brasileira na Copa de 2002, na Coréia/Japão.Antônio Lopes admitiu que já recebeu proposta de um clube japonês, interessado em contratá-lo. Mas deu a entender que espera outros convites antes de decidir qual será seu futuro. De qualquer maneira, descartou a possibilidade de trabalhar com a seleção brasileira na Copa do Mundo da Alemanha.

Agencia Estado,

25 de abril de 2006 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.