Antonio Lopes tira "licença" do Vasco

O técnico Antonio Lopes está fora do comando do time do Vasco, mas poderá voltar assim que desejar. Seu lugar será ocupado interinamente pela dupla Mauro Galvão e Alcir Portela. O presidente do clube, Eurico Miranda, tentou demover Antonio Lopes com insistência. Não obteve sucesso. O treinador estava irredutível em sua decisão de sair. "Não aceito, não aceitei e nem aceitarei o pedido dele de demissão", afirmou Eurico Miranda, lembrando de vários títulos que Antonio Lopes conquistou no clube. "Ele não pode ser responsabilizado pelos maus resultados, está licenciado do cargo e reassume no dia que quiser, enquanto eu for presidente do Vasco", prosseguiu o dirigente.Antonio Lopes participou da entrevista de Eurico, no início da noite desta segunda-feira, e chegou a se emocionar com a manifestação do presidente do Vasco. "Sei que cumpri meu papel, vencemos este ano a Taça Guanabara, a Taça Rio e o Campeonato Carioca. Vou descansar um pouco", disse o treinador, deixando clara a intenção de retornar logo ao clube.Com a saída de Antonio Lopes, seu filho Júnior, assistente-técnico da equipe, também deixa o Vasco. As mudanças se devem aos péssimos resultados no Campeonato Brasileiro e à pressão de conselheiros e torcedores. A equipe carioca ocupa a 19ª posição na tabela da competição.Mauro Galvão e Alcir Portela já vinham trabalhando como auxiliares de Antonio Lopes.

Agencia Estado,

14 de julho de 2003 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.