Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Antony não tem lesão grave, mas pode desfalcar o São Paulo na Libertadores

Atacante se recupera de uma lesão no tornozelo esquerdo sofrida durante treinamento na última quarta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2020 | 19h25

O atacante Antony corre o risco de desfalcar o São Paulo na estreia da Copa Libertadores da América. O jogador não teve diagnosticada uma lesão grave no tornozelo esquerdo, mas o entorse que sofreu no treino de quarta-feira deve tirá-lo dos trabalhos por pelo menos uma semana. A equipe do técnico Fernando Diniz entra em campo no dia 5 de março, para enfrentar o Binacional, do Peru, em Juliaca.

O jogador vai realizar tratamento conservador, sem necessidade de intervenção cirúrgica, e o departamento médico vai avaliá-lo diariamente antes de liberá-lo para os treinos. O objetivo principal é recuperá-lo para o jogo da Libertadores, o que vai forçar uma ausência diante da Ponte Preta, domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Sem Antony, Pablo deve voltar ao time titular ao lado de Alexandre Pato e Vitor Bueno no ataque. A formação foi utilizada no período em que o atacante ficou na seleção brasileira sub-23 na disputa do Pré-Olímpico na Colômbia e depois no momento da indefinição sobre o negócio com o Ajax, da Holanda.

Nesta quinta-feira, Fernando Diniz comandou mais um treino no CT da Barra Funda e recebeu o ex-técnico Muricy Ramalho. O agora comentarista elogiou bastante o trabalho do treinador. O São Paulo sofreu um pouco para deslanchar no ataque, mas, no último jogo, fez 4 a 0 sobre o Oeste e já lidera o grupo no Campeonato Paulista.

"Dá gosto de falar do seu trabalho, do quanto você melhorou o time do São Paulo. Vejo uma mudança tática muito grande na equipe. Você é diferente e não abre mão dos seus conceitos, o que me agrada demais", disse Muricy para Diniz, no encontro entre eles.

Com 12 pontos, o São Paulo busca mais uma vitória neste domingo para ficar em uma situação ainda mais tranquila no Paulista antes de estrear na Libertadores. O segundo colocado do grupo é o Mirassol, com dez pontos, e que enfrenta o Oeste como mandante. A Inter de Limeira está em terceiro, com nove, e recebe o Novorizontino.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol ClubefutebolAntony

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.