Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Antony pede para defender seleção olímpica, e Cuca 'cobra' CBF

Atacante do São Paulo foi convocado para disputar o Torneio de Toulon, na França

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2019 | 13h35

Convocado para defender a seleção brasileira olímpica no Torneio de Toulon, na França, o atacante Antony pediu ao técnico Cuca para o São Paulo não pedir a liberação. O treinador revelou a conversa com o jogador e fez uma cobrança à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Como a apresentação será no dia 27 de maio, segunda-feira, Antony será desfalque em quatro partidas do São Paulo: diante do Bahia, pela volta das oitavas de final da Copa do Braisl, e contra Cruzeiro, Avaí e Atlético-MG, pelo Brasileirão.

Cuca lembrou que outros clubes pediu a desconvocação de seus jogadores, como o Santos por Rodrygo e o Athletico-PR por Renan Lodi. O técnico quer que todos os atletas chamados participem do Torneio de Toulon.

"A gente tem que tomar muito cuidado com isso. O torcedor é muito passional. Para mim, quanto mais jogadores meus servirem às seleções, melhor, porque é sinônimo de bom trabalho e dos bons valores que temos. Acho que a CBF tem que ter uma coerência em cima disso. Não quero privar o Antony. Ele veio me pedir para ir. Falei: lógico que você vai. A gente quer que ocorra com coerência, que todos os convocados vão. Porque se três ou quatro não forem, como vou explicar para o meu torcedor que eu liberei?", cobrou Cuca.

O Torneio de Toulon será realizado entre os dias 1 e 15 de junho. A seleção brasileira está no grupo B, ao lado de Catar, Guatemala e França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.