Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Antony perde chances, mas se redime com assistência e é elogiado

'É o jogador com mais individualidade do nosso time', diz Fernando Diniz sobre o jovem atacante

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2019 | 20h50

O atacante Antony perdeu duas chances claras de gol quando a partida entre São Paulo e Fortaleza estava empatada. No fim do jogo, porém, ele se redimiu ao cruzar para Igor Gomes completar de primeira e dar a vitória ao time tricolor. Após a partida, o jovem de 19 anos foi elogiado pelo técnico Fernando Diniz.

"Só perde o gol quem está lá. Ele continuou insistindo. Não saiu, estava cansado, é o jogador com mais individualidade do nosso time. Foi muito importante para conseguir a vitória, já tinha sido importante no Maracanã (empate com o Flamengo). Tem um talento muito grande. Às vezes é até mais cobrado porque se espera muito dele. E tem de esperar mesmo. É um jogador com potencial gigante", afirmou o treinador.

Ao ser questionado por Igor Gomes, que entrou no segundo tempo na vaga de Juanfran e marcou o gol da vitória, Diniz voltou a falar que gosta de trabalhar com jovens jogadores. O meia tem 20 anos e chegou a ser titular da equipe no primeiro semestre.

"Gosto muito de trabalhar com jogadores jovens. É só oferecer as condições e eles se lançam. O Igor está treinando superbem, me passava confiança, não foi casualidade. o São Paulo é um celeiro. Temos que saber dar vazão a tudo que é produzido em Cotia. Se vai ter chance ou não, vai depender dos jogadores. Vou estar aberto e atento a quem pode contribuir neste momento do São Paulo", afirmou Diniz.

Com a vitória sobre o Fortaleza, o São Paulo chegou a 39 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Bahia na quarta-feira, às 21h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.