Rodrigo Gazzanel/ Ag.Corinthians
Rodrigo Gazzanel/ Ag.Corinthians

Ao contrário de Carille, Coelho vê Pedrinho como meia no Corinthians

Técnico interino diz que jogador 'não é extremo' e será escalado por dentro

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2019 | 04h30

Escalado quase sempre pelo técnico Fábio Carille aberto pelo lado direito, Pedrinho será meia com Dyego Coelho no Corinthians. O técnico interino reforçou após o clássico contra o Palmeiras que o jogador de 21 anos será utilizado por dentro.

A posição de Pedrinho rendeu polêmica quando Fábio Carille comandava a equipe. O próprio jogador disse preferir atuar como meia, enquanto o técnico falava que Pedrinho era melhor pelo lado do campo.

Com Coelho, Pedrinho não teve boa atuação como meia no clássico contra o Palmeiras e foi substituído no início do segundo tempo. Mesmo assim, ele será mantido na posição pelo treinador.

"O Pedrinho é meia, não é extremo. Não é porque jogou mal um jogo que vamos tirá-lo. É um talento que precisamos cuidar. É preciso tomar cuidado com o que falam para ele fora do CT e que a parte ruim do futebol faz parte. É um grande jogador, tenho um carinho enorme e vai continuar jogando pelo meio, ele não é extremo", afirmou Coelho.

Outra mudança de Coelho no clássico contra o Palmeiras foi a posição de Ramiro, que atuou por dentro, com Júnior Urso pelo lado direito. Ele ganhou a posição de Mateus Vital.

"O Ramiro, na minha opinião, é um jogador de dentro, de jogo apoiado, que dá sustentação melhor", disse Coelho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.