Aos 17, filho de Hagi brilha em vitória da Fiorentina em amistoso

Herdeiro do melhor jogador romeno da história sofre pênalti e dá assistência

Estadão Conteúdo

20 de julho de 2016 | 16h47

Ianis Hagi foi o grande destaque da vitória da Fiorentina em amistoso contra o Trapani, por 2 a 1, nesta quarta-feira. O garoto, de 17 anos, carrega um sobrenome famoso e não é à toa. O meia é filho de Gheorghe Hagi, de 51, maior nome da história do futebol da Romênia e que brilhou com as camisas do Real Madrid e do Barcelona.

Nesta quarta, Hagi sofreu o pênalti que deu origem ao primeiro gol da Fiorentina, marcado por Giuseppe Rossi, e deu a assistência para o segundo gol, anotado por Mauro Zárate. O Trapani havia saído na frente ainda no primeiro tempo. Também na Itália, a Lazio venceu o Padova por 2 a 1.

NOS EUA

Na noite de terça-feira, a Inter de Milão jogou contra o Real Salt Lake, na casa do rival, e venceu por 2 a 1. D'Ambrosio e Jovetic marcaram, sendo que o gol do montenegrino, que decidiu o placar, só foi marcado nos acréscimos do segundo tempo.

Já o Sevilla estreou o técnico Jorge Sampaolli vencendo o Santa Fe, também por 2 a 1, em Orlando, na final da chamada Supercopa Euroamericana, que reuniu os campeões da Liga Europa e da Copa Sul-Americana. Gameiro e o ucraniano Konoplyanka fizeram os gols do futuro time de Paulo Henrique Ganso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.