Jasen Vinlove-USA TODAY Sports
Jasen Vinlove-USA TODAY Sports

Aos 19 anos, filho de David Beckham estreia como jogador profissional na terceira divisão dos EUA

Com passagens pelas categorias de base do PSG e Arsenal, Romeo Beckham é o único dos quatro herdeiros do ídolo do Manchester United a seguir carreira no futebol

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2021 | 13h49

A noite do último domingo marcou a estreia de Romeo Beckham como jogador profissional de futebol. O sobrenome inconfundível entrega a identidade do jovem de 19 anos, cabelos claros, brinco na orelha e jeito do pai. Filho de David Beckham, ídolo do Manchester United e da seleção inglesa, o garoto entrou em campo pelo Fort Lauderdale para enfrentar o Tormenta FC, em partida válida pela USL League One, terceira divisão dos EUA.

Vestindo a camisa 11, diferentemente da clássica 7 usada por David, Romeo teve atuação apenas discreta no empate por 2 a 2 entre as equipes, sendo substituído aos 34 minutos do segundo tempo. O rapaz prefere atuar no meio de campo. Seu pai gostava de correr mais pela direita. Romeo comemorou a estreia de maneira contida. "Abençoado por ter feito minha estreia profissional esta noite", escreveu no Instagram. 

Romeo é o segundo dos quatro filhos do ex-jogador com a cantora Victoria Beckham, ex-integrante do grupo pop Spice Girls. Ele nasceu em setembro de 2002, pouco mais de dois meses após a eliminação da seleção inglesa na Copa do Mundo daquele ano, ocorrida nas quartas de final por 2 a 1 para o Brasil, futuro campeão do torneio. David Beckham estava em campo naquela ocasião. 

Único herdeiro do casal a seguir a carreira de jogador, o jovem atleta tem um currículo diverso apesar da pouca idade. Ainda nas categorias de base, passou por Los Angeles Galaxy e Paris Saint-Germain, quando acompanhou o pai nos dois últimos desafios da carreira. Em 2013, assinou contrato com o Arsenal, seu time de coração, contrariando quem imaginava que ele fosse usar a camisa do United. 

A saída do Arsenal, dois anos depois, parecia ter findado a trajetória de Romeo no futebol. Segundo a imprensa britânica, ele não teria a mesma qualidade técnica dos irmãos Brooklyn e Cruz, que também treinaram nas categorias de base do time londrino antes de desistirem do futebol. Apaixonado por esporte, o tênis surgiu como uma possibilidade, passando a ter aulas com o bicampeão olímpico Andy Murray

As quadras, no entanto, não foram capazes de competir com os gramados e o sonho de ser jogador de futebol reapareceu anos depois. Em fevereiro, Romeo começou a treinar com os juniores do Inter Miami, clube fundado em 2018 no qual David Beckham é o presidente e dono — a equipe tem como principal estrela o argentino Gonzalo Higuaín. O time é treinado por Phil Neville, ex-companheiro de Beckham no Manchester United.

Ainda sem espaço no profissional, Romeo tenta a sorte no Fort Lauderdale, filial do Inter Miami. No dia 2 de outubro, ele volta a campo com a equipe para enfrentar o Greenville Triumph, com a esperança de novamente ser titular e começar a escrever uma história de sucesso nos EUA, assim como David fez do outro lado do Atlântico. A única diferença é que ele atua no time do seu pai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.