Daniel Augusto/ Agência Corinthians
Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Aos 34 anos, Vagner Love marca e recomeça contagem de gols no Corinthians

Veterano fez gol e teve boa atuação na classificação sobre o Racing na Copa Sul-Americana

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2019 | 04h30

Além do goleiro Cássio, que defendeu duas penalidades na vitória sobre o Racing por 5 a 4, o atacante Vagner Love foi o outro grande nome da classificação do Corinthians na Copa Sul-Americana. Depois que o time sofreu no primeiro tempo, saiu perdendo após levar um gol de cabeça do ex-palmeirense Cristaldo, a equipe melhorou quando o veterano de 34 anos entrou no lugar de Clayson.

Sua função foi diferente dos jogos anteriores, quando saía da área para armar o time. Ele também tinha a missão de finalizar ao lado de Gustavo. Foi com um belo voleio, no começo do segundo tempo, que ele anotou o primeiro gol em seu retorno ao Corinthians. Foi seu 7º jogo após voltar. 

“Fico muito feliz. Foi o primeiro gol na minha volta e deu tudo certo. Nós sabíamos das dificuldades. Saímos atrás no placar, mas conseguimos vencer na disputa de pênaltis”, disse Love.

O atacante teve a chance da virada. Após belo passe de Gustavo, ele finalizou, mas Arias fez grande defesa. A virada poderia ser definida naquele lance. "O Gustavo foi muito feliz no passe, mas não fui feliz na finalização. Acho que a bola quicou um pouco antes de chegar. Mas também foi mérito do goleiro, que fez uma grande defesa", disse o atacante.

Campeão brasileiro em 2015, Love deixou o clube ao término da temporada rumo ao Monaco, da França. A equipe europeia pagou a multa rescisória do jogador, que era baixa: € 1 milhão (R$ 4,4 milhões, na época). Em sua primeira passagem, ele havia disputado 50 partidas e marcado 16 gols. Nesta quarta-feira, ele recomeçou sua contagem de gols.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.