Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

Aos 37 anos, Petr Cech anuncia aposentadoria ao final da temporada

Com passagens por Chelsea e Arsenal, goleiro detém o recorde de mais partidas sem tomar gol na Inglaterra

Redação, Estadão Conteúdo

15 Janeiro 2019 | 10h29

Um dos maiores goleiros do futebol mundial nas duas últimas décadas, o checo Petr Cech anunciou nesta terça-feira que vai se aposentar ao final da atual temporada europeia, que acaba em junho, após 20 anos de carreira por clubes da República Checa, da França e, principalmente, da Inglaterra, onde detém o recorde de mais jogos sem levar um gol. Foram 202 jogos sem ser vazado (de um total de 443 partidas). Atualmente no Arsenal, o jogador de 37 anos é ídolo do Chelsea.

"Já se passaram 20 anos desde que eu assinei meu primeiro contrato profissional. Então, parece que é o momento certo para anunciar que vou me aposentar no final desta temporada", disse o goleiro checo, através de um comunicado oficial em suas redes sociais. "Tendo jogado por 15 anos na Premier League (Campeonato Inglês) e vencido todos os troféus possíveis, sinto que conquistei tudo o que estava ao meu alcance", completou.

Antes de chegar ao futebol da Inglaterra, Cech formou-se no Viktoria Plzen do seu país, passou ainda pelo Chmel Blsany e Sparta Praga, tendo depois ido jogar no Rennes, da França. Em 2004 foi descoberto pelo Chelsea, onde passou a maior parte da sua carreira - precisamente 11 temporadas e um total de 494 jogos. No clube de Londres venceu quatro vezes o Campeonato Inglês (2004/2005, 2005/2006, 2009/2010 e 2014/2015) e uma a Liga dos Campeões da Europa (2011/2012).

 

Em 2015, Cech acertou com o Arsenal, rival londrino do Chelsea. Ainda não conquistou um título sequer e nesta temporada já disputou 12 jogos. Em julho de 2016, o goleiro havia se aposentado da seleção da República Checa após 14 anos de dedicação à equipe nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.