Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Aos 42 anos, Zé Roberto busca título que ainda não conquistou

Meia do Palmeiras tem grande chance de ser Campeão Brasileiro pela primeira vez

Gonçalo Júnior, O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2016 | 09h00

Aos 42 anos, o lateral Zé Roberto evita falar em aposentadoria. Na reta final do Campeonato Brasileiro, ele busca um dos títulos que ainda não conquistou em sua carreira. “O Brasileiro é um título que ainda não tenho. Em 1996, disputei a final pela Portuguesa e acabamos perdendo para o Grêmio. Logo depois fui jogar fora. Voltei em 2012 e nas equipes em que joguei consegui somente vaga para a Libertadores”, afirmou o lateral. 

Na visão do jogador, a partida contra o Santos, amanhã, pode ser considerada uma final do torneio. “Uma vitória nossa acaba tirando o Santos da briga. Uma vitória para o Santos, por outro lado, acaba colocando o time deles na briga de novo.”

Nessa “final”, o Palmeiras terá de superar um tabu. Há cinco anos, o líder do torneio não vence na Baixada Santista. Desde 2011, foram dez jogos, com oito derrotas e dois empates. “Quem sabe não chegou a hora? Esse seria o momento perfeito para vencer”, diz Dudu. 

Os últimos clássicos entre as duas equipes, dentro e fora da Vila, foram tensos. As equipes protagonizaram duas finais no ano passado, com título santista no Paulista e a conquista do Palmeiras na Copa do Brasil. 

Ontem, o técnico Cuca manteve o mistério em torno da escalação do substituto do goleiro Jailson, que está suspenso. Vinicius Silvestre e Vagner são os candidatos, com mais chances para o primeiro. 

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, esteve no CT e teve uma conversa bem-humorada com o treinador. O dirigente, que deixará no cargo no final do ano, distribuiu autógrafos para os torcedores. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.