Apagão: jogos podem mudar de estado

A determinação do governo federal de proibir as partidas noturnas para economizar energia mexeu com os bastidores do futebol. Ontem, já aconteceram reuniões nas tevês Globo, Bandeirantes, Rede TV, Sportv e ESPN. Os executivos das redes podem transferir os jogos para regiões onde não haverá racionamento de energia.A maior preocupação era com as cotas publicitárias já vendidas para os anunciantes. Um jogo noturno importante na Globo tem em média 45 pontos de Ibope. À tarde, não passa dos 25 pontos de audiência.Representantes da CBF, Clube dos 13 e das emissoras de tevê devem se reunir hoje.Leia a íntegra no JT

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.