Apático, São Paulo perde para a Lusa e pode deixar o G-4

Time tricolor joga mal, toma 2 a 0, e pode sair da zona de classificação para as semis se os rivais vencerem

Tercio David, estadao.com.br

08 de março de 2008 | 20h08

Com um desempenho apagado, o São Paulo não conseguiu assustar a Portuguesa e acabou sendo batido por 2 a 0 neste sábado, no Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 13.ª rodada do Paulistão. Com o resultado, o time permanece com 23 pontos e corre o risco de deixar a zona de classificação para as semifinais da competição. Veja também: Declarações de Juvenal motivaram jogadores da Lusa São-paulinos apontam novamente o cansaço como culpado Classificação  Últimos resultados / Próximos jogosPara a Portuguesa, a vitória foi importante porque colocou a equipe de volta à briga por uma vaga entre os quatro que vão às semifinais. A Lusa chega a 20 pontos, três atrás de São Paulo, Ponte Preta e Grêmio Barueri. Na próxima rodada, o São Paulo encara o Grêmio Barueri, no Morumbi, na quarta-feira. No dia seguinte, a Portuguesa enfrenta o Guaratinguetá, no retorno do time ao Canindé.JUSTIÇAOficiais de Justiça foram até Ribeirão Preto para confiscar a renda do jogo por causa de uma dívida trabalhista da Portuguesa com dois ex-jogadores, um deles o goleiro reserva do São Paulo, Bosco.SONOLENTOO São Paulo demorou para entrar no jogo. A Portuguesa aproveitou e abriu o placar aos 8, em um vacilo coletivo da zaga adversária. Christian fez grande jogada pela direita em cima de Miranda e cruzou na medida para Rogério, que entrou livre na pequena área e cabeceou sem chance para o xará Rogério Ceni.O único jogador do São Paulo que parecia ligado no jogo era Adriano. Foi ele o autor da melhor jogada do time no primeiro tempo, aos 22, quando invadiu a área pelo meio e bateu na saída do goleiro. A bola saiu à direita do gol. Portuguesa 2André Luiz; Patrício, Bruno Rodrigo    , Marco Aurélio e Bruno Recife; Dias, Erick, Carlos Alberto (Claudecir) e Preto (Ramon); Rogério (Vaguinho) e Christian Técnico: Vágner Benazzi São Paulo 0Rogério Ceni; Reasco (Hugo), Miranda, Juninho     e Junior (Aloísio    ); Zé Luiz, Hernanes, Joílson, Jorge Wagner e Júnior; Borges e AdrianoTécnico: Muricy Ramalho Gols: Rogério, aos 8 minutos do primeiro tempo. Bruno Recife, aos 7 minutos do segundo tempo.Árbitro: Milton Etsuo BalleriniRenda: Não disponível.Público: 22.444 totalEstádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).MARCHA LENTAApesar de ter conseguido equilibrar o jogo no final do primeiro tempo, embora a Portuguesa tenha abdicado de atacar, o São Paulo continuou em marcha lenta na segunda etapa.Quem se aproveitou bem da lentidão do São Paulo foi exatamente o ex-são-paulino Christian. Aos 7, Bruno Recife tabelou com o camisa 9, que teve calma para esperar o posicionamento do companheiro, recebeu livre na área e bateu cruzado, na saída de Rogério Ceni, para fazer o segundo.E o São Paulo estava apático mesmo. Nem mesmo a entrada de Aloísio, atendo aos pedidos da torcida, mudou o ritmo do time, que seguiu sem oferecer muito perigo à Portuguesa. O atacante, aliás, foi expulso aos 45 minutos do segundo tempo por uma pancada. Por causa disso, terá de cumprir suspensão.MAIS PROBLEMASSentindo dores na perna direita, a mesma que havia fraturado duas vezes, Reasco teve de ser substituído por Hugo antes da metade do primeiro tempo. Após a saída do gramado, ele foi levado de ambulância a um hospital para exames mais apurados. 

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCPortuguesaPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.