Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Apático, São Paulo perde para o Grêmio em Porto Alegre

Time paulista perdeu a chance de alcançar os 47 pontos que livrariam a equipe do risco de rebaixamento no Brasileiro

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2017 | 21h32

O São Paulo foi derrotado nesta quarta-feira para o Grêmio e perdeu a chance de dar adeus ao risco de rebaixamento no Brasileirão. Lento em campo, o time não conseguiu criar jogadas de perigo, abusou dos passes errados e foi envolvido pelos mandantes, mais criativos no meio-campo e que aproveitaram melhor as poucas oportunidades que tiveram para liquidar o jogo.

+ Veja como foi o jogo, lance a lance

Sem vencer há três jogos, o São Paulo, apesar da boa campanha no segundo turno, volta a se preocupar com os times da parte de baixo da tabela. Com a derrota, fica a seis pontos da Ponte Preta, que abre o zona de rebaixamento, e do Vitória, 16,º colocado, que joga hoje.

O São Paulo foi apático do início ao fim do jogo na Arena em Porto Alegre, e deixou os donos da casa à vontade para a criação de jogadas ofensivas. No primeiro tempo, o Grêmio teve duas boas chances que pararam na marcação de Edimar, pela esquerda e, aos 33, Geromel, livre, chutou cruzado na área do São Paulo. Arboleda tentou afastar, mas a bola bateu em Kannemann e voltou para o fundo da rede.

Pratto chegou a marcar no segundo tempo, aos 27, mas o assistente marcou impedimento. Pouco inspirados, os visitantes viram a equipe de Renato Gaúcho criar pelo menos três boas chances de ampliar o placar na segunda etapa, com Ramiro, Fernandinho e Cortez. O centroavante do time paulista ainda tentou de peixinho, mas ficou nas mãos de Marcelo Grohe.

O time paulista tentou pressionar os gaúchos nos últimos minutos do segundo tempo, mas não dava mais tempo. O São Paulo continua tendo um péssimo retrospecto como visitante no Brasileirão. Venceu apenas três jogos (contra Botafogo, Vitória e Atlético-GO). 

Na reta final do torneio, enfrenta o Botafogo, no próximo domingo, fazendo mando do Pacaembu, viaja ao Paraná para enfrentar o Coritiba no dia 26 e recebe o Bahia no encerramento do Nacional, em 3 de dezembro. A vitória faz o Grêmio chegar aos 61 pontos e garantir a vice-liderança do Brasileirão até o fim da rodada, já que o Palmeiras, que joga nesta quinta-feira, tem quatro a menos.

Ficha técnica:

Grêmio 1 X 0 São Paulo

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Arthur, Luan, Ramiro (Michel) e Fernandinho (Everton); Lucas Barrios (Jael). Técnico: Renato Gaúcho.

São Paulo: Sidão; Araruna (Gilberto), Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros (Júnior Tavares), Hernanes e Maicosuel (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme e Lucas Pratto. Técnico: Dorival Junior. 

Gol: Kannemann, aos 33 do 1º tempo.

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Cartões amarelos: Jucilei, Arboleda, Fernandinho e Hernanes

Público total: 22.644.

Renda: R$ 720.733,00.

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.