Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Apesar da derrota, Cuca elogia a atuação do Santos: 'Fizemos uma boa partida'

Técnico critica demora para tomada de decisões da arbitragem em lances revisados pelo VAR

Redação, Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2020 | 20h19

Foram dois gols anulados por interferência do VAR, ambos bastante polêmicos, com muita demora para decisão, e o técnico Cuca, do Santos, resolveu ironizar a arbitragem, dizendo que o comandante do árbitro de vídeo "brincou no VAR" na derrota por 1 a 0 para o Flamengo na Vila Belmiro.

A bronca de Cuca veio pela demora em avaliar os lances, nos quais é muito difícil precisar se os atacantes santistas realmente estavam impedidos.

"Jogamos um futebol que era para estarmos saboreando o bom jogo, mas no fim, estamos discutindo a manga da camisa na frente. Isso que está ficando chato", ponderou. "Os caras estão chamando a arbitragem para ficar discutindo cinco minutos. Todo mundo fica louco, os jogadores ficam pilhados", enfatizou. "Hoje, o André (Castro, goiano que comandou o árbitro de vídeo) brincou com o VAR.", disparou.

Para Cuca, a demora e a incerteza nas decisões mexem com o psicológico dos atletas. "Tira o controle emocional. É a felicidade extrapolada e depois uma tristeza enorme", disse. "O cara comemora um gol e não pode vibrar. Vibra a metade e deixa metade depois do VAR."

Cuca apelou até para recomendações da FIFA para dizer que os gols deviam ser validados. "O pessoal da Fifa incentiva a criar mais chances de gol, e ficam milimetricamente impedindo os gols. Hoje quem apita mais o jogo é o árbitro de vídeo. Quem reclamaria se o gol do Raniel fosse dado? E o do Marinho?", questionou. "Acho que estão sendo muito meticulosos. Falei pro pessoal do Flamengo que se fosse com eles, estariam p* da vida.".

Apesar da derrota e da polêmica do VAR, Cuca exaltou a boa apresentação de sua equipe. E teve motivos de sobra para isso. Com escalação ofensiva, foi para cima do atual campeão e criou as melhores chances. O Santos foi muito bem diante de um rival carioca inconstante e ainda distante de repetir as apresentações boas de 2019.

Se existe aquele jogo para se lamentar um desperdício de pontos, Cuca está certíssimo em reclamar desse revés. "O resultado pode ter escapado, mas a boa partida não", ressaltou, satisfeito com o que viu. "O que fizemos nós dá um norte muito maior do que ganhar um jogo que você não mereceu. Nós envolvemos o adversário, principalmente no primeiro tempo", analisou.

O único senão em campo fica por conta do erro do passe que originou o contragolpe e o gol do Flamengo. Sem crucificar ninguém, Cuca apenas lamentou o lance decisivao. "Fomos penalizados com uma falha em tomamos o gol".

Cuca espera que o time repita o desempenho na próxima rodada para voltar a subir na tabela de classificação. O Santos buscará a reabilitação na quarta-feira, diante do Vasco, também derrotado na rodada. O jogo acontece mais uma vez na Vila Belmiro, às 21:30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.